O Coliseu hit counter
Arena de degladiação de raciocínios
quinta-feira, outubro 11, 2007
Onde está o Gerúndio?
Já era para ter postado esta magnífica estória há algum tempo, mas como tempo é coisa que por estes dias me vai escasseando cada vez mais, chega com uma semana de atraso.
O Diário Oficial do Distrito Federal (Brasília) publicou um decreto em que proíbe a utilização do gerúndio pelos servidores públicos. Isto porque quando se pergunta a um funcionário o que está a fazer, ele responde sempre algo do género "estou fazendo, estou encaminhando, estou preparando, estou estudando" e por conseguinte, ninguém conclui o que está sempre fazendo.
O referido decreto é até bastante simples, destacando-se os seus dois primeiros artigos:

Art. 1º — Fica demitido o Gerúndio de todos os órgãos do Governo do Distrito Federal.

Art. 2º — Fica proibido, a partir desta data, o uso do gerúndio para desculpa de ineficiência.

O problema surgiu quando toda a gente começou a procurar o demitido Senhor Gerúndio, tendo inclusive sido consultado o seu cadastro e CPF (equivalente ao nr. de contribuinte português). A pergunta impõe-se, onde está o Gerúndio?

Leiam mais aqui.

1 Comments:
Blogger bruno said...
Pois bem meu caro! O Sr. Gerúndio, vai estar ligando para o sr. e vai estar explicando o motivo exa(c)to, pelo qual ele foi sendo demitido (será?).
O problema é que o tal do Sr. Gerúndio, não sai da boca do povo. Ele irrompe a meio de conversas telefó(ô)nicas deixando-me sempre com um ar embasbacado por ser o único a perceber a sua constante presença. Ele aparece na rua impondo-se entre dois conhecidos. Ele é um fantasma que nos assombra com as suas constante ameaças de conseguir emprego, até onde ele foi (apenas em equivocadas fantasias) demitido. Pior! Qualquer dia, ele vai tá ligando para todos nós e nós para ele. E se, num momento de total insanidade, apontarmos o dedo ao sr. Gerúndio dirão que somos loucos. Então,vão estar perguntando - cadê o sr.gerúndio que você tanto fala?. E, mesmo que o identifiquem, dirão, com um ar de total inconpreensão
- o que é que você está querendo insinuar com esse tipo de reparos? que está certo o governo demitir quem quer assim sem mais nem menos? sem sequer se dar ao trabalho de tá escrevendo carta de aviso prévio?