O Coliseu hit counter
Arena de degladiação de raciocínios
terça-feira, março 27, 2007
Tele-lixo

Já se dizia que ganhava o concorrente defendido pelo nosso Professor Jaime Nogueira Pinto. Mas iria ou não a RTP censurar os polémicos resultados? (In)felizmente não.
O Dr. António de Oliveira Salazar ganhou mesmo o programa televisivo Os Grandes Portugueses. Depois de tudo o que já foi dito, que a votação para um programa televisivo não é nenhum referendo, que houve voto de protesto relativamente ao estado do Estado, que votam mais os que são mobilizados por determinado interesse e menos os telespectadores desinteressados, que falta um distanciamento temporal para analisar estes personagens de uma História tão recente... apesar de tudo isto, o que é certo, é que os portugueses votaram 41% num ditador e 19% noutro; e portanto se o grande mérito do programa era ensinar alguma História aos portugueses não foi conseguido.
E ao português, não lhe bastando ser ignorante, caminha para a estupidez absoluta!
Ainda não consegui ver A Bela e o Mestre (temo pela vida das pessoas que possam estar ao meu lado) o novo reality-show da TVI onde se acirram absurdamente esterótipos, mas li algumas críticas. Ora bem, temos mulheres bonitas e estúpidas e homens intelectuais e feios. Objectivo: eles vão ensina-las a ler e a escrever e elas vão pentea-los, exfoliar e hidratar-lhes a pele. Não existem no programa mulheres feias e inteligentes nem homens bonitos e ignorantes. Pelos vistos a Beleza e a Inteligência são qualidades que não se combinam.
Neste programa, que muito provavelmente é líder de audiências participam Professores universitários o que é, se me permitem a interpretação, um indicador de corrupção: um homem destes supostamente abominaria este género de programa, e participar num dos mesmos deveria ser motivo de profundo embaraço. Mas não é. Pelo contrário ao acenar-nos o seu cheque ele passa de besta a bestial, ele é que é o esperto. Supostamente todos nós temos um preço, uns vendem-se por umas caipirinhas outros por dois ou três zeros no seu cachet...

Próximo passo será importar o Survivor australiano em que as equipas são constituidas com base nas diferentes raças: os brancos, contra os pretos, contra os amarelos, contra os acastanhados!
Muito bom... só não mando a televisão pela janela fora porque quero ver se me saem os números do Euromilhões para fugir daqui.
2 Comments:
Blogger Nero said...
Relativa/e ao "Grandes Portugas", tive grande pena de o Padre Frederico ñ estar nos 10+, por isso desliguei-me um pouco da "polémica". Interessante é mm o facto de 2 ditadores terem sido os + votados, mas enfim. Outro factor relevante é a Dra. Odete Santos, q p/ além de ser ridícula smp q abre a boca, vem provar q o PCP continua igual a si mm, ou seja, igual àquilo q smp foi e há-de smp ser.
No q respeita ao programa das vacas e dos tótós, até q poderia dedicar 5 minutos da minha vida ver isso se alguma das tipas fosse exfoliar o malho de algum deles, mas como tal ñ me parece viável em horário nobre, prefiro ser ignorante.
Final/e o "Survivor Australiano" se fosse adaptado ao nosso Portugal poderia ser algo do género: 3 betinhos do cds/pp eram deixados nús e só com um canivete suíço no meio do bairro da cova da moura, e o objectivo era chegar inteiro com os mínimos sinais de molestação sexual ao Largo Adelino Amaro da Costa. Q tal, hein?

Anonymous Sófocles said...
Eu gostaria de ver o António Fiúza, mas a recente polémica veio denegrir a sua boa (?) imagem. QUanto à Odete Santos, eu aposto que consegue engolir o Zé Maria, o vencedor do 1º Big Brother! Relativamente a esses programas da treta, não posso dar opinião porque acho o meu tempo valioso demais. Mas agrada-me a ideia dos betinhos do CDS na Cova da Moura. Eles todos bem vestidinhos, Quebra-Mar e etc, à procura da saída com o GPS na mão, e um jovem de raça negra ( só são jovens de raça negra quando há distúrbios, porque a Naide Gomes ou o Obikwelu já sao portugueses) a pensar que os saldos chegaram mais cedo!