O Coliseu hit counter
Arena de degladiação de raciocínios
terça-feira, dezembro 12, 2006
Pinochet, "O Esquivo"

E o Pinochet, esse humanista resoluto, lá acabou por morrer com 91 anos... e sempre se conseguiu safar à condenação e aos trabalhos forçados, o sacana!
Permanece no entanto uma questão bastante curiosa, e que eventualmente irá transformar o ditador chileno num "grande Homem" ou num "santo", seja daqui a 50 ou 100 anos (lamento desiludir-vos, mas é assim que se constroem os "mitos" e os grandes "Heróis da Nação"): se nunca tivesse havido golpe de Estado no Chile e se Pinochet nunca tivesse existido? Seria o Chile a potência que é hoje? Pessoalmente gosto de pensar que seria melhor ainda, mas tenho muitas dúvidas...
3 Comments:
Blogger Nero said...
Esqueci-me de relevar este pormenor: atentem no relógio Casio proveniente do mercado negro do Norte de África (do Martim Moniz, portanto) no pulso de Pinochet... um ditador com grande nível!

Blogger Erida said...
Epá há gajos que fazem de tudo para fugir aos tribunais.
É impressionante!

Blogger Nero said...
Apelo aos nossos visitantes q leiam este post do Professor Doutor Jaime Nogueira Pinto sobre esta temática do Chile de Pinochet:
http://www.inblogs.net/ofuturopresente/2006/12/pinochet-visto-por-outros.html